Prefeitura alerta pais e responsáveis sobre a síndrome pé-mão-boca

Criado: Segunda, 18 Março 2019

IMG 8300Preocupada com a saúde das crianças no Município, a Prefeitura de Inconfidentes realizou, na última quinta-feira (14/03), uma palestra sobre a síndrome mão-pé-boca, visando informar pais e responsáveis sobre a doença, que atinge, principalmente, crianças até 5 anos. Em Inconfidentes, foram identificados, pelo menos, 4 casos da doença. A palestra, que aconteceu na Creche Municipal Cônego Augusto de Carvalho, contou com a participação dos profissionais do Departamento de Saúde, pais, responsáveis e profissionais da educação.

O Clínico Geral Dr. Emanuel de Abreu foi o responsável pela palestra. De acordo com o médico, os primeiros sintomas da doença são febre acima de 38º C, dor de garganta e falta de apetite. Após dois dias do surgimento destes sintomas, devem aparecer, também, feridas na boca, nas mãos e nos pés. A criança que apresentar os sintomas deve ser encaminhada à atendimento médico, para melhor avaliação e eventual tratamento.

A doença é causada por vírus, e por isso é altamente transmissível. O vírus pode ser passado através da tosse, saliva e espirro, ou por meio de alimentos e objetos contaminados. As crianças diagnosticadas devem ser afastadas da escola por pelo menos 7 dias, para evitar a transmissão a outras crianças.

Não existe injeção ou remédio específico para a doença. De acordo com o Clínico Geral, a doença é autolimitada e o próprio corpo é responsável por eliminá-la. No entanto, é importante que a criança seja levada ao médico e receba tratamento com anti-inflamatórios, além de remédios para febre e coceira.